Imagem e palavra - Constança Lucas


a Cigarra 42 - outubro 2007

HOJE (31 de outubro das 18 às 21h)

Lançamento da Revista A Cigarra nº 42
Livraria Alpharrabio
Rua Eduardo Monteiro, 151 - (altura do nº 1000 da Av. Portugal)
- Tel.: (11) 4438.4358)
Santo André - SP - Brasil

Lançamento da 

Revista A Cigarra nº 42
revista de poesia
 

 

Celebrando os seus 25 anos de existência, traz  em suas páginas os seguintes nomes:
Alberto Marsicano, Arnaldo Antunes, Avelino Araújo, Augusto de Campos, Bá Silveira,
Berimba de Jesus,  Beth Brait Alvim, Carlos Drummond de Andrade, Cida Neves,
Cláudio Daniel, Constança Lucas, Dalila Teles Veras, David Rego Jr., Edival Perrini,
Eliza Andrade Buzzo, Fabiano Calixto, Glauco Mattoso, Guto Lacaz, Hélio Neri, 
Hugo Pontes, João Suzuki, Jomard Muniz de Britto, José Armando Pereira,
José Marinho do Nascimento, Júlio Cesar Bittar, Júlio Mendonça, Leila Míccolis,
Luiz Edmundo Alves, Marcelo Montenegro, Paula Caetano, Perkins T. Moreira,
Petra Ramos, Ricardo Amadasi, Ronaldo Azeredo, Rosana Chrispim, Tarso de Melo,
Terezinha Sávio, Sandra Oliveira, Tom Zé, Tota e Walter Silveira.



Escrito por CL às 11:06:31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




47 anos por aí a espreitarem

1 - lençóis de algodão abraçam-me a pele quente
2 - a janela de ripas de madeira espreita o sol
3 - a luz rompe pelas paredes e esparrama-se
4 - desperta-me, sonolenta estico-me
5 - a leitura foi longa pela noite
6 - senti cantares antigos e novos
7 - as cores transformaram-se
8 - os olhos finalmente abri
9 - afinal só passaram quase 47 anos
10 - não me reconheço todos os dias
11 - e a minha realidade não se admira
12 - porque não sabemos o que seremos
13 - navegamos em águas suaves e ácidas
14 - esqueco as piores dores
15 - guardo os melhores amores
16 - tomo um banho longo
17 - deixo as horas e como calmamente
18 - oiço rádio e não sei
19 - sei que nos falam mentiras
20 - às vezes até sabemos quais
21 - sei dos pássaros nos poemas
22 - as narrativas são sim e não
23 - as prosas são plenas de invenções
24 - exercito as palavras que nunca são ditas
25 - em surdina no ouvido da Náná
26 - logo recebo uma lambida dengosa
27 - sorrimos as duas
28 - sabemos que teremos mais um dia juntas
29 - não será em Lisboa, mas será perto
30 - não será em São Paulo, mas será dentro
31 - as duas somos eternas viajantes de afectos
32 - corremos para os olhares
33 - das flores que se fazem presentes
34 - em desenhos escondemos as tristezas
35 - penso em maresias de olhos fechados
36 - nos poemas da respiração
37 - em gestos de mãos suaves
38 - sinto os pinheiros e o alecrim
39 - sempre inventei gente
40 - chorei quando as vi como eram
41 - carrego sombras alegres
42 - com elas desenho as palavras
43 - canto o desencontro
44 - recuso os taciturnos
45 - lambo o sal das almas transparentes
46 - as janelas são intensas
47 - respiro a luz e sigo

 

Constança Lucas - 2007



Escrito por CL às 19:41:54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Lenine , Yusa e Ramiro ( w/berimbau solo) - e Desenho de Constança Lucas


Lenine , Yusa e Ramiro ( w/berimbau solo)
http://www.youtube.com/watch?v=zoPtuYndmh8
 


Escrito por CL às 23:11:43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Biblioteca da Casa das Áfricas “Yao Komoe”

"A biblioteca/midiateca da Casa das Áfricas “Yao Komoe” reúne
uma coleção de mais de 3000 peças entre livros, periódicos,
teses (dissertações), folhetos, DVDs e mídias interativas referentes
ao continente africano. As ciências humanas e as artes são as áreas
de conhecimento mais abrangidas pelo acervo."

textos e imagens tirados do site
http://www.casadasafricas.org.br/

A COLEÇÃO DE POSTAIS
"EDMOND FORTIER/CASA DAS ÁFRICAS"

"Quase todas as imagens apresentadas nessa exposição virtual foram feitas
por Edmond Fortier (1862-1928), fotógrafo de origem francesa que viveu no Senegal
grande parte de sua vida, onde montou seu estúdio e laboratório."

O endereço da Casa das Áfricas
é R. Eng. Francisco Azevedo, 524,
V. Madalena,
SP São Paulo.
 (0XX11) 3801-1718,




Escrito por CL às 12:18:14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Estação Litoral da Aguda «ELA»

textos e imagens tirados do site http://www.fundacao-ela.pt/content.php?go=fundacao

"A praia da Aguda é conhecida pela sua pesca "artesanal", baseada em métodos
transmitidos de geração em geração. Por volta de 1870, pescadores da Afurada
e de Espinho instalaram-se aqui para construir os primeiros
abrigos em madeira e para pescar sobretudo caranguejos «pilado»  (Polybius henslowi)
que vendiam aos lavradores locais como adubo. Os campos tornaram-se mais produtivos
e a pesca foi-se desenvolvendo com a crescente procura."

 

"O Aquário da ELA é dedicado à fauna e flora aquáticas locais,
mostrando sobretudo os peixes e invertebrados marinhos mais importantes para a pesca artesanal."



Escrito por CL às 10:37:02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Olhares Atelier

Fotografias de Constança Lucas



Escrito por CL às 09:33:10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




não sei

não sei mais dizer as palavras imaginadas
todas ficam trancadas ou dentro de flores
só nos desenhos das letras sossego
não sei mais desvendar os silêncios
apaixonada pelo canto e pela dor,
só nas paisagens do tempo descanso

mergulhada na invenção prossigo
pelas enseadas e mares de doces olhares
no meu choro em desvelo pelo ser

Constança Lucas 2007



Categoria: Poesia
Escrito por CL às 22:29:41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




BIBLIOTECA CAROLINA MARIA DE JESUS

 

no Museu Afro Brasil

 

APRESENTAÇÃO

A Biblioteca inaugurada em 13 de maio de 2005 foi denominada Carolina Maria de Jesus, em homenagem a catadora de papel que viveu na favela do Canindé (SP) e que transformou-se em escritora a partir da publicação, em 1960, do  livro “Quarto de despejo : diário de uma favelada”.
 A instalação da Biblioteca contou com o patrocínio da Nestlé. A proposta da Biblioteca é contemplar a vocação do Museu  AfroBrasil, no Processo de reconstrução da História do Brasil.


ACERVO


O acervo inicial da Biblioteca com cerca de 1500 exemplares, formado a partir da
Coleção particular de Emanoel Araújo (curador e idealizador do Museu) com cerca,
de 1000 exemplares, e da aquisição,  pela Petrobrás, de uma coleção com cerca
de 500 publicações entre livros, documentos, separatas, periódicos, teses,
recortes de jornais etc. adquiridas do sociólogo Carlos Eugenio Marcondes de Moura.

Hoje o acervo conta com cerca de 5.000 publicações entre livros, catálogos, cartazes, calendários, convites, folhetos, teses, artigos de revistas, separatas, periódicos etc. incluindo a  Hemeroteca.
Sendo o acervo especializado na Escravidão-Tráfico-
Abolição no Brasil, América Latina, Caribe e USA
 
desta forma  a temática da vida e da cultura negra estarão  
contempladas com os assuntos : Cinema,  Costumes, Culinária,
Economia, Imprensa, Literatura, Música, Política, Religião,
Teatro etc., descrevendo a história do negro, desde suas
origens africanas, até os dias atuais.

ATENDIMENTO

O acesso às estantes é livre. A consulta é local, pois
não há sistema de empréstimos. Há sempre um funcionário para orientar nas pesquisas.
O serviço de reprografia é feito dentro dos limites da legislação sobre os direitos autorais
e da política de preservação do acervo.
HORÁRIO

Ter. à Sex. 10:00 ás 17:00
Sáb. 10:00 às 14:00
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n Parque Ibirapuera – Portão 10  - São Paulo
CEP: 04094-050 Tel. 5579-05-93 ramal 105

CATALOGO ON-LINE  - Em breve estará disponível
http://www.museuafrobrasil.com.br/biblioteca.asp

 


Escrito por CL às 11:09:11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Benin Está Vivo Ainda Lá

Benin Está Vivo Ainda Lá -
Ancestralidade e Contemporaneidade.
Museu Afro Brasil. Av. Pedro Álvares Cabral, s/n.º,
Pavilhão Manoel da Nóbrega, portão 10, Parque do Ibirapuera,
5579-8542. 3.ª a dom., 10 h às 17 h. Grátis. Até 27/1
http://www.estado.com.br/editorias/2007/10/24/cad-1.93.2.20071024.14.1.xml



Escrito por CL às 10:55:14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Arte Postal - selos


.........................
VORTICE ARGENTINA
c/o Fernando Garcia Delgado
Estados Unidos 1612, Barrio Montserrat
C1101ABH, Buenos Aires, Argentina
(54·11) 4304·8972
mailart@vorticeargentina.com.ar
www.vorticeargentina.com.ar
www.barracavorticista.com.ar


Escrito por CL às 10:46:22
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Cabeça

técnica mista ( xilogravura, guache e nanquim)



Categoria: Desenhos
Escrito por CL às 15:50:36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




T O R D E S I L H A S

T O R D E S I L H A S

http://www.festivaltordesilhas.net/

- FESTIVAL IBERO-AMERICANO DE POESIA CONTEMPORÂNEA
-
em São Paulo


"Linguagens e Fronteiras -
Desconstruindo a Linha de Tordesilhas


O "Tordesilhas - Festival Ibero-Americano de Poesia Contemporânea"
é um evento literário que pretende apresentar e discutir a produção
recente de poesia na América Latina e Península Ibérica.
A proposta do festival, "Desconstruindo a Linha de Tordesilhas",
expressa a busca de novos diálogos e acordos entre poetas
de língua portuguesa e espanhola
nestes países.

O TORDESILHAS reunirá poetas de diversas partes do Brasil,
América Latina, Portugal e Espanha, cujo trabalho é representativo
e de destaque internacional, além de acadêmicos, críticos e editores
de poesia interessados na temática íbero-americana.
O festival acontecerá no período de 30 de outubro a 4 de novembro de 2007,
em São Paulo, na Caixa Cultural, com uma programação noturna itinerante
que inclui o Instituto Cervantes, o teatro Galpão de Folias,
o Espaço Parlapatões da Praça Roosevelt e a Academia Internacional de Cinema."




 



Categoria: Poesia
Escrito por CL às 15:17:01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

http://porosidade-eterea.blogspot.com/2007/10/encontro-de-poesia-em-salamanca.html

Encontro de Poesia em Salamanca

O X Encontro de Poesia Ibero-americana, organizado pela Fundação
Salamanca Cidade de Cultura, homenageia desta vez o escritor brasileiro Álvaro Alves de Faria.

O encontro decorrerá nos próximos dias 26 e 27, e nele participarão 13 poetas
de 9 países, (entre os quais o poeta português Jorge Fragoso).
O coordenador deste evento é o poeta peruano Alfredo Pérez-Alencart.
A leitura de poemas terá lugar no salão de recepções da Câmara Municipal e começará
com a participação de Álvaro Alves de Faria (Brasil), Pío Serrano (Cuba)
e José María Muñoz Quirós (Espanha). Neste encontro estarão ainda presentes
Verónica Amat, Carlos Aganzo, Helena Villar e Jordi Doce (Espanha),
Jorge Fragoso (Portugal), Luis Alberto Ambroggio (Argentina),
Julio Espinosa (Chile), Alvaro Mata (Costa Rica) e Mario Alonso (México).




Álvaro Alves de Faria é um dos nomes mais representativos
da geração de poetas que se formou nos anos 60 na poesia
do Brasil. Nasceu em São Paulo em 1942.
Além de livros de poesia é autor de romances,
ensaios literários, peças de teatro e livros de crónicas e entrevistas.
A sua obra está traduzida em francês, servo-croata, inglês,
espanhol, italiano e japonês."

texto tirado do Blog Porosidade etérea
http://porosidade-eterea.blogspot.com





Escrito por CL às 11:29:06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mariza

http://vids.myspace.com/index.cfm?fuseaction=vids.individual&videoid=1645358

Pintura de Constança Lucas



Escrito por CL às 10:08:31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Tratado que substitui Constituição européia aprovado em Lisboa

União Européia | 19.10.2007

texto tirado do site:
http://www.dw-world.de/dw/article/0,,2831664,00.html?maca=bra-destaques_do_dia-1356-html

Tratado que substitui Constituição européia aprovado em Lisboa

Líderes dos 27 países-membros alcançam consenso sobre o acordo reformador da União Européia após concessões à Itália e à Polônia. Mudanças deverão entrar em vigor no início de 2009.

Após seis anos de debates, os 27 chefes de Estado e de governo dos países-membros da União Européia (UE) chegaram a um acordo sobre o tratado de reforma da UE – que substitui a fracassada Constituição Européia – na manhã desta sexta-feira (19/10) em Lisboa.

O Tratado de Lisboa deverá possibilitar que a União Européia, que passou por uma grande expansão em 2004 com a entrada de dez novos membros, consiga reagir de forma mais rápida a problemas como o terrorismo, a concorrência econômica de países da Ásia e da América Latina e carências sociais internas.

"Estamos realmente perante um acordo histórico que dá à União Européia a capacidade de agir no século 21", afirmou o presidente da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso. Para o presidente do Conselho Europeu, José Sócrates, o resultado foi "uma vitória da Europa".

A chanceler federal Angela Merkel considerou o acordo final um grande êxito e avaliou que há poucas alterações em relação ao texto apresentado durante a presidência alemã da UE. Ela disse ter certeza de que o tratado entrará em vigor antes das eleições européias de 2009.

O documento será assinado pelos representantes dos 27 países-membros no próximo dia 13 de dezembro. Depois inicia-se o processo de ratificação, que deverá estar concluído nos primeiros meses de 2009. Na Alemanha e em vários outros países, a decisão será do Parlamento. A Irlanda é o único país em que ocorrerá um referendo. A antiga Constituição Européia fracassou após ter sido rejeitada em plebiscitos na França e na Holanda.

Alterações do novo tratado

Uma das principais alterações propostas pelo novo texto é a criação de um cargo de presidente da UE, com um mandato de dois anos e meio e possibilidade de uma reeleição.

A União Européia também passará a ter uma espécie de ministro das Relações Exteriores, mas sem o uso do título "ministro" por imposição do Reino Unido e da Holanda. O "alto representante da UE para a Política Externa e de Segurança" será o coordenador da diplomacia da União Européia e, ao mesmo tempo, vice-presidente da Comissão Européia.

A partir de 2014, as decisões no Conselho da União Européia, também conhecido informalmente como conselho de ministros e principal órgão decisório do bloco, serão tomadas seguindo o princípio da chamada "dupla maioria" – 55% dos países representando ao menos 65% da população.

Com isso, a atual divisão por votos para cada país, que atribui, por exemplo, 29 votos à Alemanha e 12 a Portugal e que foi criada no Tratado de Nice (2001), deixará de existir. A Polônia, que tem 27 votos pela atual regra e perde força com o novo acordo, foi o país que mais oposição fez a essa mudança.

As restrições polonesas foram superadas com o chamado "mecanismo Ioannina", que prevê que decisões aprovadas com uma margem estreita de votos poderão ser novamente questionadas pela parte que se sentir prejudicada. "A Polônia obteve tudo o que queria", disse o presidente polonês, Lech Kaczynski.

Outra alteração é o fortalecimento dos parlamentos nacionais, que poderão questionar juridicamente decisões da União Européia. Também a Bulgária conseguiu impor sua vontade: chamar a moeda comum européia de "evro" em vez de "euro", usando o alfabeto cirílico.

Parlamento Europeu

O número de assentos no Parlamento Europeu será reduzido de 785 para 751 (sendo que o presidente não terá direito a voto). A Itália fazia restrições a essa alteração porque passaria a ter um número menor de deputados do que França e Reino Unido. As resistências italianas foram vencidas após o país obter um assento a mais, ficando com os mesmos 73 deputados da França. O Reino Unido terá 74 cadeiras.

A nova divisão do Parlamento segue o princípio da proporcionalidade degressiva. Por ele, países menores estão, proporcionalmente à sua população, mais fortemente representados do que países maiores.

Pela nova regra, um deputado europeu da Alemanha, por exemplo, representará 859 mil cidadãos, um austríaco, 435 mil e um maltês, 67 mil. O limite de 751 deputados será mantido mesmo com o ingresso de novos países na UE, obrigando a uma nova divisão das cadeiras. (as)



Escrito por CL às 16:50:28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




conversas no pequeno almoço

Constança Lucas
Título: conversas no pequeno almoço
16cm x 22 cm técnica mista sobre tela - 2004



Categoria: Desenhos
Escrito por CL às 12:31:13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Livro de Artista de Constança Lucas e Manoela Afonso

 



Categoria: Poesia
Escrito por CL às 01:38:29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Venenos - poema visual

 



Categoria: Poesia
Escrito por CL às 07:50:31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




fotografias de Constança Lucas em Outubro de 2007

Olhares sobre o meu bairro



Escrito por CL às 09:59:14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Olhares sobre o meu bairro - fotografias de Constança Lucas em Outubro de 2007

Olhares sobre o meu bairro



 



Escrito por CL às 10:48:26
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Cachorrinho azul

http://cachorrinhoazul.multiply.com/



Escrito por CL às 09:47:06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Doris Lessing, de 87 anos, ganha o Prêmio Nobel de Literatura

 

"A escritora britânica Doris Lessing, 87, é entrevistada
por repórteres na porta da sua casa, após ficar sabendo
que ganhou o Prêmio Nobel de Literatura." Foto: Reuters
http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/

"A escritora Doris Lessing, de 87 anos, ganha o Prêmio Nobel de Literatura.
A Academia Sueca anunciou que a autora receberá o prêmio por transmitir a "experiência épica feminina"

"Filha de britânicos, Doris Lessing nasceu na Pérsia, atual Irã,
e cresceu na Rodésia do Sul, antiga colônia britânica que conquistou
a independência em 1980 e mudou de nome para Zimbábue. " in UOL


"Foi pioneira na criação de uma consciência feminista na literatura,
tem uma atitude de observação do mundo interior e do mundo real

que faz dela uma das grandes escritoras da literatura inglesa", referiu Helder Macedo,
amigo de Doris Lessing desde o início dos anos 1960.

Segundo o professor catedrático, radicado em Londres
(de onde falou por telefone à Lusa), Doris Lessing tem um novo romance quase pronto,
numa altura em que acaba de editar "The Cleft".

"Ela não pára, está sempre a escrever", revelou Helder Macedo,
referindo-se a Doris Lessing como uma pessoa muito afável e generosa,
sobretudo "com os escritores mais novos a quem dá muito apoio".

Apesar do aparato mediático constatado junto à residência da escritora,
nos arredores de Londres, Helder Macedo referiu que Doris Lessing "não é das que corre atrás dos prémios".

"É um bom presente de anos", resumiu Hélder Macedo, uma vez que Doris
Lessing completa 88 anos no proximo dia 22.

Doris Lessing é autora de obras como "A erva canta", o seu primeiro romance,
publicado em 1950, "The golden notebook", que a lançou internacionalmente na

década de 1960, "O quinto filho", "Shikasta", "O Verão antes das Trevas" e "Um casamento apropriado".

http://expresso.clix.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/138773

http://noticias.uol.com.br/ultnot/album/071011_album.jhtm?abrefoto=13



Escrito por CL às 09:06:54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




as raízes das paisagens maternas e encantadas

de dentro das palavras saltam os sons de tratos e curas,
em pausas e diálogos inventamos as nossas realidades,
nelas nos assombramos para não querermos destinos tortos em desenhos retorcidos,
sem elas as vidas poderiam esvaziar, as palavras preenchem os cantinhos de alegrias,
abraçam as tristezas nos olhares de maresias como sal derretido pelas andanças
de quem foge de violências e esquece o que menos importa para sorrir e saborear as raízes das paisagens maternas e encantadas dentro de cada um de nós.

Constança Lucas 2007



Escrito por CL às 08:27:41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mamíferos

Sou mamífero sim e se eu fosse a minha cachorrinha Náná talvez dissesse isto:

 

Tenho um coração, esqueleto, glândulas, cérebro, sangue, pele, pêlos e sentimentos. Aceito qualquer nome desde que dito com carinho, conheço todos os timbres de voz, sei quando estão perto ou longe de mim, quando me amam ou são indiferentes.

Sei sorrir para todos aqueles que amo, adoro que me façam carinho delicadamente, e que brinquem comigo, gosto muito de correr e saber que tenho companhia.

Aguardo horas a fio em vigília sem reclamar.

Mas quando alguém é grosseiro logo mostro os dentes e grito, não gosto de gente amarga e brutal.

Como oiço muito melhor e tenho maior ângulo de visão que os humanos, eu os aviso de perigos e novidades sonoras, faço parceria com o maior prazer.

Comer é muito gostoso, como um pouco de tudo, mas existem alimentos que me fazem mal e é melhor evitar.

Não me importo se a minha companhia é rica, pobre, idosa, novinha, negra, branca, amarela ou azul, quero apenas que seja doce e atenciosa comigo como sou com ela.

A amizade e dedicação fazem com que haja maior crença entre a humanidade, os humanos escrevem sobre nós há séculos, somos personagens principais e secundárias sempre intensas e presentes no  cotidiano. Também fazem desenhos com a nossa imagem desde a pré-história (arte rupestre). A nossa dedicação e expressão de vida é motivo de criação, isso nos deixa muito muito orgulhosos.

Muitas vezes somos mal tratados e abandonados de formas repugnantes, mas tem havido sempre humanos especiais   que sabem da nossa dependência para sobreviver nas cidades e assim cuidam de nós o melhor possível.

Houve um ser humano muito especial que virou santo – São Francisco de Assis (Assis 1181-1226), ele conhecia a linguagem dos animais, dos humanos e das plantas, respeitava todos os seres vivos.

No Brasil há um rio chamado São Francisco, assim chamado desde 1501, em homenagem ao São Francisco de Assis, que bela metáfora pelas vidas que alberga,   pela pluralidade e pelas adversidades enfrentadas em todo o seu percurso, e o nunca desistir – este rio tem 2.800 km de extensão, o rio São Francisco nasce no estado de Minas Gerais, na Serra da Canastra, deságua no Oceano Atlântico, entre Sergipe e Alagoas.  Uma viagem enorme sempre transportando esperança pelas suas águas, rasas e profundas, estreitas e largas. É um rio que traz em si a vida.

 

Muitos humanos sabem reconhecer o bem, mas por vezes esquecem-se de o praticar.

Não existe uma amizade tão forte e duradoura como a que existe há milhares de anos entre os cães e os homens.

A Paz e a amizade entre os seres vivos é que torna este mundo melhor.

São Francisco de Assis é respeitado por várias religiões pela sua mensagem de paz.

 

texto e foto de Constança Lucas

 

 




Escrito por CL às 17:41:34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Postais comigo desde sempre

http://www.constanca.lucas.nom.br/postais.htm

Postal com Desenho de Constança Lucas - 1996 





Escrito por CL às 11:18:22
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Coleciono Postais

Cartões postais têm tradição na Alemanha

Alguém pensou em você...  

"Um singelo souvenir, sinal de afeição: cartões postais resistem à tecnologia e continuam sendo parte obrigatória de qualquer viagem. Na Alemanha, eles têm tradição de mais de um século.

Por mais que a tecnologia nos permita muito mais, são poucos os que conseguem resistir à tentação de escolher um cartão postal e enviá-lo a um amigo durante uma viagem. Os cartões, que podem trazer estampadas as mais variadas imagens ou apenas palavras perdidas, remontam a uma tradição que teve início na Alemanha do fim do século 19.

Mais que apenas uma lembrança

Cartões postais sempre expressaram muito mais que apenas um "pensei em você". Eles refletem a situação social e o espírito dos tempos. Isso é o que desperta o interesse de colecionadores. Na Alemanha, cartões postais são um dos objetos mais procurados em mercados de pulgas, livrarias, feiras e leilões virtuais. "

texto tirado do site http://www.dw-world.de/dw/0,,607,00.html



Escrito por CL às 11:14:50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Fernando Pessoa desenhado por Constança Lucas

 

Poema de Fernando Pessoa:

    " O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
    Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
    Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.

    O Tejo tem grandes navios
    E navega nele ainda,
    Para aqueles que vêem em tudo o que lá não está,
    A memória das naus.
    O Tejo desce de Espanha
    E o Tejo entra no mar em Portugal.
    Toda a gente sabe isso.
    Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia
    E para onde ele vai
    E donde ele vem.
    E por isso porque pertence a menos gente,
    É mais livre e maior o rio da minha aldeia.

    Pelo Tejo vai-se para o Mundo.
    Para além do Tejo há a América
    E a fortuna daqueles que a encontram.
    Ninguém nunca pensou no que há para além
    Do rio da minha aldeia.

    O rio da minha aldeia não faz pensar em nada.
    Quem está ao pé dele está só ao pé dele. "

      Fernando Pessoa / Alberto Caeiro



Categoria: Desenhos
Escrito por CL às 06:14:54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A sonequiha da Náná

A sonequinha da Náná



Categoria: olhares
Escrito por CL às 06:04:58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




8° Encuentro Internacional de Poesía Visual, Sonora y Experimental

8° Encuentro Internacional de

Poesía Visual, Sonora y Experimental
Participo com um Livro de ARTISTA


http://www.poesiavisual.com.ar/2007/participantes/index.htm

INAUGURACION:

jueves 4 de octubre, a partir de las 19 hs, en la

Barraca Vorticista: EE.UU. 1614 · Buenos Aires

[ hasta el 30 de Octubre de 2007 ]

 

 

 

. organiza .

 

 

 



Escrito por CL às 22:16:04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Mulher
Histórico
    Categorias
      Todas as Categorias
      Link
      Prosas
      olhares
      Poesia
      Desenhos
      Náná
    Outros sites
      Constança Lucas
      Exposição Imagem e Palavra de Constança Lucas
      Envie um cartão com um desenho de Constança Lucas
      GERMINA
      Abaixo de Cão - Blogue
      Andréa Corbani - Blog
      Bar do Celso
      André Miranda - Blog
      Beijos
      Blocos
      Blogue dos Bichos
      Cidadão do Mundo - Blog
      Rádio Eldorado
      Manoela Afonso - Blog
      Galeria Gravura Brasileira
      Graphias - casa da gravura
      Michelle Cunha - Fotolog
      Escritório do Livro
      CNPA - Centro de Planejamento de Natalidade Animal
      GG Grupo Gravura
      Coleção de Porquinhos
      Martha Gabriel
      Rosana Almendares
      Matilde Rosa Araújo
      Francisco Maringelli
      Jornal de Poesia
      Adopta-me - Adopção de Animais
      Ócio criativo
      FotoBLOG Fotografias Rogério Gastaldo
      Mapas
      Babel tradutor
      BLOG ( Poesia Visual )Visual Obxectual
      Cantigas de Amigo - Blogue
      BLOGUE PAPOILAS que pingam algodão doce
      Adoção de animais
      Adote um cão
      VIVA o Centro Histórico de São Paulo
      Travelling Journal - Livro de artistas
      BLogue Estranhos dias e corpo do delito
      Blogue LUA
      Livraria, Editora, Centro Cultural ALPHARRABIO
      Fábio Herdy - Fotolog
      Diário Digital
      Mapas
      Nuove creazioni e distrazioni
      Fundação Eugénio de Andrade
      Centro Paul Klee
      Blogue O Céu sobre Lisboa
      Blogue Ma-maschamba
      Notícias Lusofonas
      a r liquido 2
      Torquato Neto
      Mapa da Europa
      PEN clube português
      Poesia Visual no site BLOCOS
      Museu sem Fronteiras
      Blogue da Kaó TICA
      Revista MUSEU
      abrupto - blogue
      Azeitão
      Illustrare
      A Lei do Funil
      Bioterra
      Rádio TSF
      Blog Coletivo de São Paulo
      Intermatica
      Indústrias Culturais
      Belgais
      Mundo Pessoa
      Textualino - Blogue de Carlos Vaz
      Concursos Literários
      sementeira de quimeras - Márcia cardeal
      Memória Viva
      Fórum Permanente
      Grupo Ravar
      Arte Postal e Poesia Visual Boek861
      ALPHARRABIO - Blog
      Torre do Tombo
      Triplov
      Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres
      Algumas Miragens - Márcia Cardeal - Blog
      Marcadores de Páginas
      Caderno de Campo - blog
      Revista Tanto
      Bibliotecas PT
      Almocreve das Petas
      porosidade-etérea
      Música attambur
      Germina blog
      Resumo do Cenário - Livros
      Estúdio Raposa
      Canal Contemporâneo
      anamnese - artes plásticas
      Observatório de Imigração
      Talvez Uma Península
       Com Calma...Com que Alma!
      Origem das espécies
       Folhas de Girapemba - Ana Ramiro
      De Rasuras - Ana Peluso e Mario Cezar
      Diário Gráfico
      Desenhador do Quotidiano
      Garganta da serpente
      Sesimbra
      Artecapital
      Cotonete - rádios, música
      Amigos do Livro
      Sketchcrawl
      Luminescências
      Arquivo Municipal de Lisboa
       Dias com árvores
      Sabemais pt
      Metro São Paulo
      Bienal B
      a terceira noite
      Lusofolia
      Extratexto
      Portal Editorial
      Livro Aberto
      Embaixada de Portugal no Brasil - Blog informativo
      Cão
       Idéias na janela
      ZineBlog Lambuja
      Cachorrinhos Azuis
      Antena 1
      Gritos Verticais
      Da Literatura
      Revista ars - ECA
      Animais para adoção
      vidacademica jusampaio
      Poesia Sim - Lau Siqueira
      Minguante 7 - agosto 2007
      poesfera
      Letras e Tempestades - Simone Oliveira - SP
      ana rüsche - Palavras e lugares
      Zumbi escutando blues
      Ensinartes
      Poema Processo - Moacy Cirne
      Peixe de Aquário
      Make Your Own Moleskine-Like-Notebook
      Ilustrar
      Héber Sales
      * Encontro Internacional de Poesia Visual - Argentina
      Taller Leñateros
      Conversa no Quintal - RJ
      O contrário do tempo - poesia visual pt
      postyourdog or cat ... dogs and cats all over the world...
      Cachorrinho Azul
      revista Big Ode
      Click Portugal! - Opinião e troca de Ideias.
      Van Dog
      Livros de Artista - Constança Lucas
      Blog da Náná



     Links & Sites

    O que é isto?
    UOL